Chamas Gêmeas (Parte 9: O que impede o relacionamento das Chamas Gêmeas que já se encontraram?)

Você tem certeza de que finalmente encontrou sua Chama Gêmea. Tem aquela sensação intensa de pertencimento, de conhecer a pessoa há muito mais tempo do que o tempo real, uma grande amizade e ao mesmo tempo uma forte atração.

O abraço é surreal, puro; os olhos são tão diferentes dos seus e ao mesmo tempo tão iguais. Sente segurança e profundidade na ligação entre ambos, e com ele ou ela existe aquela sensação incrível de “estar de volta pra casa”. Mas… o relacionamento parece que não anda: sempre acontece alguma coisa pra impedir. Será mesmo a pessoa certa? Será um teste do Universo?

Relaxa, é a Chama Gêmea sim. Mas por que tanta complicação? Vou apresentar 4 impedimentos principais que melam os relacionamentos entre as Chamas Gêmeas. Primeiramente, veremos 2. São eles:

Impedimento número 1. A energia do encontro entre as Chama Gêmeas é muito forte, muito iluminada. É algo que a dimensão em que nós seres humanos vivemos na maior parte do tempo não está acostumada, por incrível que pareça. É uma energia diferente, por ser mais pura, mais madura e suave. Só isso já dá um baque. E tudo o que é diferente, o ser humano, de imediato, mantém distância, por precaução. É hora de trabalhar a aceitação do diferente em níveis mais profundos. Ao invés de rebater essa energia diferente que chega, pare, respire e observe. Analise: é muito diferente sim. E é ruim? Não. Então acolha, traga pra você, e vá se acostumando com ela para aprender a lidar.

“Apenas-existe” | Camila Lagoeiro | 60x60cm | Arte Digital

Sabe qual é o principal fator que separa as Chamas Gêmeas que já se encontraram? Prepare-se:

Impedimento número 2: O Medo da não-aceitação. “Medo do outro não aceitar meus defeitos”. O medo. Sempre paralisando a gente. E, em muitos casos, não é algo assim: “nossa, não vou adiante na relação porque tenho medo de ela/ele não aceitar o que escondo”. É inconsciente. Algo tão profundo, que a mente consciente não vê. E a pessoa acaba, sem querer, tomando atitudes que estão de acordo com esse sentimento negativo escondido. Aquela situação: “Por que fiz isso? Onde eu estava com a cabeça?”, é fruto do ‘ruído’ do  inconsciente. E isso é bem comum.

Junto a esse medo, vêm os outros medos bobinhos, de modo muito profundo e quase silencioso, que ficam martelando na nossa cabeça e que, igualmente, afetam muito a estabilidade da união entre as Chamas Gêmeas: “Não sou bom o suficiente para ela”. “Ele não vai gostar de me ver sem maquiagem”. “Conheci a pessoa num aplicativo, o que meus parentes vão pensar?”. “Não tenho dom pra fazer alguém feliz”.

Repare como meras palavras ditas interiormente mudam todo o destino de uma pessoa. E têm mais pensamentos/sentimentos específicos de impedimento, que ficarão para o próximo post, pra eu não me alongar muito aqui. Aguarde!

Até lá!^^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *